A ópera baseada no filme Billy Elliot foi suspensa em Budapeste depois que um jornal local, considerado conservador, começou a boicotar a obra.

Segundo o jornal, o musical poderia “transformar” os jovens em homossexuais. 15 apresentações foram suspensas por causa do boicote.

Szilveszter Ókovács, diretor do espetáculo, disse que o boicote acabou atrapalhando a bilheteria do musical que está noa r em Budapeste desde 2016, e já levou mais de 100 mil pessoas ao teatro.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O jornal alega que a peça poderia “deixar os jovens infelizes já que, por eles mesmos, não iriam nessa direção” (da homossexualidade).