Foi divulgada uma parceria comercial entre a produtora Alcon Entertainment e a Titan Books, na qual revelou que o universo de Blade Runner irá continuar em livros novos feitos para expandir o mundo.

A notícia vem depois do último filme da franquia, Blade Runner 2049, ter sido um fracasso comercial, já que arrecadou US$259 milhões mundialmente, valor baixo comparado ao orçamento de US$150 milhões.

Nick Landay e Vivian Cheung, criadores da Titan, disseram em comunicado sobre a felicidade com o projeto:


“Estamos extremamente entusiasmados com a publicação dos quadrinhos e livros de Blade Runner. O universo de Blade Runner mal foi explorado; há muito mais lá. É uma honra estar trazendo esse mundo à vida de novas maneiras para um novo público – e para revelar contos daquele universo que você nunca viu antes.”

Blade Runner 2049 | Ator do filme clássico diz que sequência foi “desnecessária”

O filme original foi lançado em 1982. Já a continuação saiu no último ano.