Apesar de ser um derivado de Velozes e Furiosos, o longa que até o momento é chamado de Hobbs and Shaw será diferente dos filmes da franquia de sucesso estrelada por Vin Diesel. Em entrevista para a Collider, Hiram Garcia, produtor do longa-metragem, garantiu que a trama constrói seu próprio caminho.

“O que você vai encontrar nesse filme é um pouco diferente. Claro que haverão elementos que estamos acostumados a ver em Velozes e Furiosos, mas estamos começando a deixá-los de lado. Definitivamente, estamos construindo nosso próprio caminho. Você sentirá a conexão entre os dois universos, mas você com certeza vai sentir que é um filme que se sustenta sozinho”, explicou ele.

Hiram Garcia garantiu aos fãs que elementos típicos de Velozes e Furiosos como ação e intensidade estarão presentes em Hobbs and Shaw. Ainda assim, para ele, o destaque vai para a relação entre os personagens de Dwayne Johnson e Jason Statham.


Velozes e Furiosos | Irmãos de Paul Walker querem retorno de Brian O’Conner à franquia

“A química entre Dwayne e Jason e o que estamos planejando para eles, eu acho que a audiência vai pirar. A comédia e as brincadeiras entre esses dois caras, elementos que as pessoas amaram em Máquina Mortífera, de dois caras que se irritam o tempo todo enquanto tentam salvar o mundo. Isso é muito legal”, falou o produtor.

“Eles querem muito chutar um o traseiro do outro, mas você sabe, o dever chama. As pessoas vão enlouquecer”, acrescentou Hiram Garcia.

O derivado ainda não tem um nome oficial, mas vendo sendo chamado até o momento de Hobbs & Shaw porque a história será centrada no agente Luke Hobbs (Dwayne Johnson) e no criminoso Deckard Shaw (Jason Statham), que já apareceram nos filmes de Velozes e Furiosos. Vanessa Kirby deve viver a irmã de Shaw, uma agente da MI-5. Já Idris Elba será o grande vilão. A direção fica por conta de David Leitch, de Deadpool 2.

O spin-off de Velozes e Furiosos começará suas filmagens em setembro desse ano. Também foram divulgados os locais das filmagens, que acontecerão em Atlanta, Georgia, Havaí e Reino Unido.

O derivado chega aos cinemas em 26 de julho de 2019.