Com o súbito falecimento de Burt Reynolds nesta quinta-feira (06) aos 82 anos de idade, o The Hollywood Reporter acaba de trazer a notícia de que o ator ainda não havia rodado suas cenas em Era Uma Vez em Hollywood.

O lendário ator interpretaria George Spahn, dono do rancho que habitava o culto de Charles Manson e seus seguidores, na mais recente produção de Quentin Tarantino, e uma declaração da família de Reynolds expressa que o ator estava empolgado.

“Meu tio estava muito empolgado em trabalhar com Quentin Tarantino e o elenco incrível que ele reuniu”, diz Nancy Lee Hess, sobrinha de Reynolds, em declaração à imprensa.


No novo filme de Tarantino, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt toma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Hollywood de 1969.

Era Uma Vez em Hollywood | Atriz de The Handmaid’s Tale se junta ao elenco

Os atores são vizinhos de um casal bem conhecido da época: Roman Polanski e Sharon Tate. A também atriz Tate seria assassinada por membros do culto de Charles Manson em uma fatídica noite daquele mesmo ano.

Margot Robbie, Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Tim Roth, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh e Nicholas Hammond completam o elenco.

Era Uma Vez em Hollywood tem previsão de lançamento para o dia 15 de agosto de 2019.