Robert Rodriguez está entrando no mundo dos filmes de grande orçamento com Alita: Anjo de Combate, o tirando de sua zona de conforto. Algo que deixou bem claro em entrevista ao THR durante a NYCC.

“Eu sabia que seria um desafio fazer um filme tão grande. Eu geralmente não faço filmes que vão além de um certo orçamento”, disse o diretor. “Penso que mantendo até certo orçamento, se eu fizer um bom filme, consigo escalar quem eu quiser, fazer o que eu quero”.

“Meu trabalho era fazer o que ele [James Cameron] criou, para que ele não precisasse fazer isso, porque estaria ocupado com Avatar”, continuou Rodriguez. “A última coisa que eu quero é que ele veja o filme e pense ‘ah, droga, sabia que eu mesmo deveria ter filmado isso’. Então queria fazer parecer como se fosse um filme de Jim Cameron também”.


Alita: Anjo de Combate | Protagonista está pronta para guerra em novo pôster

O filme de Robert Rodriguez é uma adaptação de um famoso mangá e mostra uma ciborgue que é descoberta por um cientista. Ela não tem memórias do seu passado, mas é uma ótima lutadora e fará o possível para descobrir sua origem.

O elenco conta com nomes como Christoph Waltz, Jennifer Connelly, Marsehala Ali, Michelle Rodriguez e Ed Skrein. A produção fica por conta de James Cameron e Jon Landau, dupla por trás de Titanic e Avatar.

Alita: Anjo de Combate estava antes agendado para chegar nos cinemas norte-americanos em 21 de dezembro e no Brasil, o filme seria lançado apenas em 3 de janeiro de 2019. Agora, a data norte-americana passou para 14 de fevereiro de 2019. Ainda não há informações sobre quando o longa chegará nas salas brasileiras.