Lucy Boynton, que interpreta Mary Austin, amiga de longa data e, por um tempo, noiva de Freddie Mercury, revelou ao Digital Spy as dificuldades de interpretar sua personagem.

“Quando é uma pessoa real, você quer ser a mais honesta possível e abordar de forma similar a que você faria com qualquer outro personagem, mas com essa restrição, e querer respeitar os limites dessa pessoa, sem ser intrusivo”, disse a atriz.

“Se você está criando sua personagem, você tem é dona do espectro emocional por qual elas passam. Você pode tomar decisões mais ousadas”, continuou Boynton.


“Quando você está interpretando alguém real, há aquele peso de como ela vai se sentir quando ver isso, eu vou fazê-la se sentir exposta e como evito fazer isso, a interpretando da maneira mais precisa e empática possível?”, disse a atriz.

Bohemian Rhapsody | Vídeo mostra técnico de som colocando vozes dos fãs em cena do filme

O filme retratará a rápida ascensão de Freddie Mercury e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Dexter Fletcher (Voando Alto). Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo, filme biográfico sobre o físico Stephen Hawking.

Bohemian Rhapsody estreia em 1º de novembro no Brasil.