A estreia mundial de Bohemian Rhapsody já aconteceu no Reino Unido, e as primeiras críticas especializadas da imprensa já estão caindo na rede.

Além de Rami Malek, que parece ter conquistado a todos de forma unânime em sua performance como Freddie Mercury, o restante do filme de Bryan Singer dividiu a crítica.

Confira algumas reações abaixo:


“Francamente, se você não está vibrando com a multidão enquanto Mercury canta uma redição ultra satisfatória de ‘We Are the Champions’, então um médico deveria verificar seu pulso. Em algum lugar, algum artista extravagante sabe que esse filme do Queen é irado” – US Weekly

“Varia com muito esforço para as notas altas e vagamente fica nas baixas. Ainda assim, há uma gama sólida que consegue abordar, quando tudo está bem alinhado. É um acaso de triunfar contra as expectativas” – Telegraph

“Para o crédito dos cineastas, e ainda que eles não evitem por completo a entrega desajeitada de fatos que geralmente assombra o gênero, esse é uma biografia que favorece experiência sensorial sobre exposição” – The Hollywood Reporter

Bohemian Rhapsody parece uma piscina suja. De uma das duas: Ou os membros sobreviventes do Queen ainda ressentem o fato de que muito de seu legado esteja envolvido com Freddie Mercury que eles precisam fazer essa história revisionista no filme ou os membros sobreviventes são tão surdos cinematograficamente que eles inatendivelmente fizeram um filme que soa exatamente assim” – Uproxx

Bohemian Rhapsody erroneamente acredita que simplesmente retratar um ponto de vista de trabalhador da vida de Freddy Mercury será o suficiente para alcançar algum tipo de intimidade” – Slant

“Apesar de suas intenções de se aproximar de Mercury, Bohemian Rhapsody é tão íntimo como um show em um estádio lotado, sem qualquer poder de acompanhamento” – The Playlist

Bohemian Rhapsody | Trilha sonora completa da biografia do Queen é divulgada; Confira!

O filme retratará a rápida ascensão de Freddie Mercury e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Dexter Fletcher (Voando Alto). Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo, filme biográfico sobre o físico Stephen Hawking.

Bohemian Rhapsody estreia em 1º de novembro no Brasil.