Bohemian Rhapsody passou por uma produção turbulenta, com o diretor Bryan Singer (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido) sendo demitido após mal comportamento no set, sendo substituído por Dexter Fletcher (Voando Alto).

Agora, as primeiras reações da crítica ao filme refletem essa mudança na direção, com muitos recebendo a biografia do Queen de forma mista. Porém, todas as críticas trazem algo unânime: Rami Malek está incrível como Freddie Mercury, e pode ser indicado ao Oscar.


BOHEMIAN RHAPSODY: Aquela cena do show do Live Aid me deu arrepios. Já o resto do filme…”

Bohemian Rhapsody é um biopic certinho com muita música do Queen e uma performance forte de Rami Malek. Terá críticas mistas. Pode ser bem sucedido com o público”

“O que mais tirei de BOHEMIAN RHAPSODY é quanto o resto do Queen ressente Freddie Mercury. Mas Rami Malek está excepcional. Aliás, o fato de Mike Myers estar nesse filme é genial e insano”

“Fiz uma sessão dupla de NASCE UMA ESTRELA e BOHEMIAN RHAPSODY, e nossa, esse contraste não fez bem para o segundo. Mas Rami Malek arrebenta naquela imitação”

“Fui desnorteada com Bohemian Rhapsody. Rami Malek está fenomenal. História linda, filme de concerto incrível… Eu não tenho palavras o bastante!”

“CARACA!! Bohemian Rhapsody é ABSOLUTAMENTE FANTÁSTICO!! Um campeão cinemático arrasador que vai te impressionar! Rami Malek está magnífico! É muito divertido e vai te SACUDIR. Nasce Uma Estrela, você foi superado!”

Bohemian Rhapsody | Freddie Mercury vira lenda em comercial legendado

O filme retratará a rápida ascensão de Freddie Mercury (intepretado por Rami Malek, de Mr. Robot) e o Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda contará com as participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção fica por conta de Dexter Fletcher (Voando Alto), após Bryan Singer ter sido demitido. Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo, filme biográfico sobre o físico Stephen Hawking.

Bohemian Rhapsody estreia em 1º de novembro no Brasil.