Como se sabe, Bohemian Rhapsody passou por um início de produção conturbado. Em dezembro do ano passado, o diretor Bryan Singer precisou ser substituído do projeto por Dexter Fletcher.

Agora, ao Metro, o protagonista Rami Malek, que é Fredie Mercury no filme, revelou mais alguns detalhes do ambiente deixado por Bryan Singer.

“Era um set tumultuoso, não tenha dúvidas disso”, explicou o ator.


O “tumulto” citado por Rami Malek, porém, tem mais a ver com a questão da busca por uma nova cineasta depois de a produção já ter começado.

“Nós chegamos a um lugar que tivemos um lapso no tempo quando nosso diretor não estava presente e nós precisávamos encontrar outro, acho que isso diz tudo. Nós estamos aqui para celebrar e honrar um ser humano, e ninguém ficará no caminho disso”, ainda declarou o protagonista.

Bohemian Rhapsody | Trilha sonora completa da biografia do Queen é divulgada; Confira!

O filme retratará a rápida ascensão de Freddie Mercury e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Dexter Fletcher (Voando Alto). Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo, filme biográfico sobre o físico Stephen Hawking.

Bohemian Rhapsody estreia em 1º de novembro no Brasil.