Uma das atuais modas do cinema são os filmes derivados de grandes franquias. Por conta disso, Christopher McQuarrie, diretor de Missão Impossível: Efeito Fallout e Missão Impossível: Nação Secreta, foi questionado sobre essa possibilidade pelo Collider.

O cineasta não descartou completamente esse tipo de longa, mas primeiro quis entender o que poderia ser um derivado de Missão Impossível.

“Quando nós falamos dos derivados, estamos falando que seriam quais filmes? Nós temos falado bastante sobre derivados. Missão Impossível é sobre explorar os seus personagens. Como os derivados seriam formados? Eles ainda seriam filmes de Missão Impossível? Tanto que o fato que define Missão Impossível é ter Tom Cruise fazendo várias coisas radicais”, comentou Christopher McQuarrie.


O diretor ainda explicou que se existirem derivados, uma ideia seria abrir ainda mais a história de outros importantes personagens da franquia, como Ilsa Faust, que é vivida por Rebecca Fegurson.

Missão Impossível: Efeito Fallout se torna a maior bilheteria da franquia nos EUA

“Rebecca e eu estávamos conversando sobre isso e eu disse, ‘Eu tenho uma ideia melhor. Você é Rebecca, vamos te dar uma identidade’, e estou desenvolvendo conteúdo para Rebecca ser a Rebecca. E é isso que eu gostaria de ver. Eu sinto que se fizéssemos um derivado sobre Ilsa, a questão sempre seria, ‘Quando Ethan Hunt fará uma aparição?’. E não se pode subestimar Ilsa, que é interpretada por Rebecca Fegurson, uma estrela. E é uma estrela que muitas pessoas ainda não entenderam, ainda não acordaram para esse fato. E eu estou meio que ao serviço dela”, destacou o comandante dos últimos filmes de Missão Impossível.

O último longa da franquia foi Missão Impossível: Efeito Fallout, em que Ethan Hunt (Tom Cruise) precisa novamente reunir sua equipe da FMI, em uma corrida contra o tempo, após problemas com uma missão passada.

Rebecca Ferguson, Vanessa Kirby, Michelle Monaghan, Henry Cavill, Simon Pegg, Ving Thames, Angela Bassett, Sean Harris e Alec Baldwin formam o elenco.