No Portal da Eternidade, novo filme com Willem Dafoe, foi altamente elogiado recentemente, ao estrear em festivais de Cinema pelo mundo. Nem todos, no entanto, concordaram com a escalação do ator, de 63 anos, para viver um Van Gogh de 37 anos.

Agora, o ator respondeu tais críticas.

“Qualquer um que esteja falando sobre isso [contra sua escalação] não entende o tipo de filme que estamos fazendo, e não imagina como a saúde física mudou ao longo dos anos”, disse Dafoe ao Vulture.


“Em primeiro lugar, não é uma cinebiografia comum”, continuou o ator. “E em segundo: eu fiquei surpreso que ele tinha só 37 anos e eu procurei e pesquisei sobre a expectativa de vida na França do século XIX. 40 anos! Agora é 70 anos. Então, sem ser muito bonitinho sobre isso, os 70 anos de hoje eram os 40 daquela época”.

At Eternity’s Gate | Willem Dafoe tem surto na pele de Van Gogh em primeiro trailer da cinebiografia

No Portal da Eternidade será centrado no período em que Van Gogh viveu em Arles e Auvers-sur-Oise, na França. Em 1886, o artista se mudou para Paris, onde conheceu integrantes da chamada vanguarda francesa, incluindo Paul Gauguin. O pintor holandês é uma das personalidades mais influentes na história da arte ocidental.

O elenco da cinebiografia conta ainda com Oscar Isaac (Star Wars), que será Gauguin, Mads Mikkelsen (Hannibal), Rupert Friend (Homeland) e Emmanuelle Seigner (O Último Portal).

A direção é de Julian Schnabel, que já recebeu o prêmio de melhor diretor no festival de Cannes, em 2007, por O Escafandro e a Borboleta. O diretor assina o roteiro em parceria com o renomado francês Jean-Claude Carriere.

No Portal da Eternidade estreia no dia 7 de fevereiro de 2019, no Brasil.