Bohemian Rhapsody tem se mostrado uma obra divisiva entre o público e a crítica, com muitos apontando que o retrato de Freddie Mercury e o Queen no filme não é digno ou profundo o bastante.

Em entrevista para o Movie Web, Brian May, guitarrista do Queen e consultor no filme da Fox, disse acreditar que o icônico vocalista ficaria satisfeito com o resultado final.

“Eu acho que ele diria que foi uma abordagem justa. Ele mostra toda a sua grandeza, vulnerabilidade e insegurança – o pacote completo. Eu acho que o mostra de forma verdadeira, e não de forma bajuladora, mas sim apreciando seu talento. Porque ele com certeza era único. Eu nunca conheci ninguém na minha vida igual o Freddie, antes ou depois, e provavelmente não vai acontecer de novo”, fala May.


Bohemian Rhapsody | Cenas gay do filme foram cortadas na Malásia

Bohemian Rhapsody retrata a rápida ascensão de Freddie Mercury (Rami Malek) e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

Bohemian Rhapsody | Ator fala sobre a saída de Bryan Singer: “Foi estranho”

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Bryan Singer. Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, que foi indicado ao Oscar pelos dramas biográficos A Teoria de Tudo e O Destino de uma Nação.

Bohemian Rhapsody está em exibição no Brasil.