O drama Boy Erased – Uma Verdade Anulada, drama sobre a “cura gay”, estrelado por Lucas Hedges, Nicole Kidman e Russell Crowe, teve a melhor estreia do final de semana nos Estados Unidos entre os lançamentos limitados.

O longa conseguiu uma arrecadação de US$ 220 mil sendo lançado em apenas cinco salas, nas cidades de Nova York e Los Angeles. A média é de US$ 44 mil.

Outro destaque do final de semana foi A Private War, que conseguiu US$ 72 mil em um número limitado de salas. O remake do terror Suspiria também voltou a ser exibido de maneira limitada. No entanto, o filme de Luca Guadagnino decepcionou, com apenas US$ 964 mil em 311 salas.


Boy Erased | Diretor revela arrependimento de não ter lançado o filme na Netflix ou Amazon

Boy Erased mostra a história de um rapaz homossexual, interpretado por Lucas Hedges (Três Anúncios para um Crime, Manchester à Beira-Mar), que é mandado para a chamada “cura gay” por seus pais pastores, vividos por Kidman e Crowe. O filme é uma adaptação da biografia de Gerrard Conley, que assumiu ser homossexual aos 19 anos e foi forçado por seu pai a passar por um procedimento que buscava a cura gay.

A direção do drama ficou por conta de Joel Edgerton.

Boy Erased – Uma Verdade Anulada chega em novembro nos EUA e estreia em 31 de janeiro no Brasil.