Uma bonita homenagem ao Halloween clássico, a sequência de abertura do novo Halloween foi realizada com muita praticidade – o que levou algum tempo. Confira uma imagem do processo mais abaixo.

Em entrevista à Filmmaker Magazine, o designer de produção Richard Wright explicou que não usou CGI na cena – ele simplesmente deixou uma abóbora de Dia das Bruxas apodrecer enquanto uma câmera a acompanhava. Depois, foi só inverter o que havia sido gravado.

“Quando a ideia apareceu, imediatamente pedi que eu próprio fizesse”, disse. “Acho que foi a coisa mais legal que já gravei. Abandonei minhas esperanças de ser diretor de fotografia há alguns anos e decidi me focar em design de produção, mas é incrível que eu tenha gravado uma pequena cena de um líder de bilheteria no país.”


Produtor de Halloween e Corra! é removido de premiação após criticar Donald Trump

“Compramos as abóboras em um mercado de fazendeiros. Meu departamento de arte as guardou na geladeira por alguns meses e banhou elas em vinagre para impedi-las de perder a cor”, continuou. “Quando surgiu a ideia do lapso de tempo, separamos as abóboras suficientemente boas para serem usadas. Acendemos uma delas com luzes que geralmente são colocadas em armários de cozinha. Foi feito com pouca tecnologia. Literalmente custou apenas algumas centenas de dólares.”

Halloween | Sequência de abertura do novo filme é divulgada na íntegra

A nova iteração da franquia Halloween é ambientada 40 anos após o clássico de John Carpenter, trazendo Jamie Lee Curtis, Nick Castle, Judy Greer e Miles Robbins no elenco central.

David Gordon Green dirige o filme e escreve o roteiro ao lado do comediante Danny McBride, além de ter produção do renomado Jason Blum e trilha sonora original de Carpenter.

Halloween está em exibição nos cinemas.