Após um ano desde que Kevin Spacey foi excomungado de Hollywood após múltiplas acusações de assédio sexual, ainda há alguns membros da indústria que se arriscam a defender o ator.

O mais recente é Paul Schrader, roteirista de Taxi Driver e Touro Indomável, e que vem cotado para o Oscar do próximo ano com o elogiado First Reformed – que estrela Ethan Hawke.

Em seu perfil oficial do Facebook, Schrader diz que recebeu um roteiro com um papel excelente para Spacey, mas que o produtor não o faria com o ator.


“Eu recebi um roteiro ontem. Um roteiro muito, muito, muito bom que gritava por Kevin Spacey para o papel principal. Eu disse ao produtor que dirigiria se fizessem com o Kevin. O produtor respondeu que isso não era possível. Eu acredito que existem crimes na vida, mas não existem crimes na Arte. Spacey deveria ser punido por crimes que ele criou. Mas não pela arte. Toda a arte é crime. Puni-lo como artista apenas diminuí a arte. Coloque Celine na caeia, coloca Pound na cadeia, puna Wilde e Bruce se precisar, mas não censure sua arte”, escreveu Schrader.

Lady Gaga é premiada como Melhor Atriz em evento da National Board Of Review

First Reformed ainda não tem data de estreia no Brasil.