O diretor Adam McKay revelou um momento curioso que aconteceu nos bastidores de Vice. Se não fosse a estrela do longa, Christian Bale, que vive Dick Cheney, o cineasta poderia nem contar a história.

Ao Deadline, o diretor relatou que teve um princípio de ataque cardíaco quando estava filmando a cinebiografia.

“Enquanto eu estava fazendo o filme, eu estava consciente de que eu ganhei peso e estava fumando bastante. Meu doutor me disse, você tem que parar de fazer isso, e eu ficava pensando, ‘por favor, não tenha um ataque cardíaco enquanto está fazendo o filme de Dick Cheney”, relembrou o diretor.


Em um treino, longe da produção, Adam Mckay começou a se sentir enjoado. Foi nesse momento que o diretor relembrou de um ensinamento que teve com Christian Bale.

Vice | Caracterização de Christian Bale como Dick Cheney impressiona em nova foto do filme

Quando os dois filmaram a cena de ataque cardíaco de Dick Cheney, o ator perguntou ao cineasta como ela deveria ser feita. O cineasta perguntou se era comum o braço doer, mas a estrela do filme explicou que o estômago enjoado é um sintoma mais forte. Christian Bale já fez algumas cenas do tipo e estudou os sintomas de um ataque cardíaco.

“Eu fui para um médico muito rápido e por causa disso, nada aconteceu comigo. Isso tudo porque eu me lembrei de Christian Bale me explicando o sintoma. O médico então disse que eu tinha que parar de fumar, e é o que eu estou fazendo”, contou Adam McKay.

O longa que retrata a vida do vice-presidente dos EUA Dick Cheney será lançado em 25 de dezembro de 2018 na América do Norte, em pleno Natal. Para o Brasil não há previsão de estreia.