Mahershala Ali conversou com a família de Don Shirley após críticas feitas ao filme Green Book: O Guia. Recentemente, familiares do músico afirmaram que a cinebiografia é uma “sinfonia de mentiras”.

As principais acusações vieram do sobrinho do pianista, Edwin Shirley III e do irmão de Shirley, Maurice. Em entrevista ao Shadow and Act, a dupla garantiu que a amizade do músico e do segurança, Tony Vallelonga, que é parte do filme, é falsa e faz parte de uma série de “mentiras dolorosas”.

“Você quer saber a relação que ele teve com Tony? Ele demitiu Tony! Quando você ouve que ele esteve com Tony por 18 meses, eu posso garantir para você, ninguém durou 18 meses com meu irmão. Todo mundo sabia o temperamento dele e a experiência com outros motoristas”, destacou Maurice.


Mas, as principais reclamações são sobre o fato de Don Shirley ser representado em uma relação difícil com a família.

“Ele tinha três irmãos com quem ele mantinha contato”, garantiu novamente o parente.

Por conta dessas acusações, o sobrinho de Don Shirley conta que recebeu uma ligação de Mahershala Ali, que está interpretando o pianista na cinebiografia.

Green Book: O Guia | Viggo Mortensen desabafa sobre acusação de racismo: “Injusta e prejudicial”

“Recebi uma ligação muito respeitosa dele. Ele ligou para mim e para meu tio Maurice e pediu desculpas se houve alguma ofensa”, contou Edwin.

Green Book: O Guia é dirigido por Peter Farrelly (Quem Vai Ficar com Mary?) e traz Viggo Mortensen (O Senhor dos Anéis) e Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar) como protagonistas.

Ali interpreta o pianista Don Shirley, enquanto que Mortensen vive Tony Vallelonga, que é contratado pelo pianista para protegê-lo em uma jornada até um concerto no Sul do país.

Green Book é baseada na amizade, da vida real, desenvolvida por dois homens após uma difícil jornada. O roteiro do filme foi escrito por Farrely, Brian Hayes Currie e Nick Vallelonga, filho de Tony.

Green Book: O Guia estreia em 24 de janeiro no Brasil.