CUIDADO COM OS SPOILERS!

O último episódio da primeira temporada de Titãs trouxe uma chocante cena pós-créditos, apresentando aos fãs um famoso personagem da DC ligado ao Superman: seu clone, o Superboy, Connor Kent.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, o Showrunner Greg Walker falou sobre essa surpreendente revelação, e o que planejam abordar com o personagem no futuro.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

“Não foi totalmente planejado do primeiro dia – ou talvez tenha sido nas cabeças de Geoff Johns e Akiva Goldsman, mas eles não me contaram. Definitivamente não foi algo que nós pensamos até o final. Eu acho que nós sabíamos que seria uma direção empolgante para os fãs, e uma prévia que seria interessante para nós também, e esse foi o melhor lugar para colocá-la”, revela Walker.

“Essa ideia ainda está fermentando. O que eu posso dizer é que ainda queremos levá-los para a mesma abordagem dimensionalidade e psicologicamente realista que fizemos como os outros personagens, e aplicar essa mesma pressão a Conner Kent e ver o que sai quando você coloca um personagem como esse em um teste assim. Sabe, questões de identidade, que poderes, do seu lugar no universo. Essas são todas questões que são interessantes para todo tipo de personagem estilo Superman, e muito interessante para Conner”, explica.

Titãs | Filmagens da 2ª temporada devem começar em fevereiro de 2019

Na trama de Titãs, Robin emerge das sombras de Gotham City para liderar um novo grupo de heróis. A recém-formada turma de super combatentes do crime une forças para lutar contra seus demônios interiores e salvar o planeta do mal. Eles logo percebem que sozinhos são incompletos, mas unidos são Titãs.

Nos Estados Unidos, a atração é disponibilizada pelo DC Universe, o serviço de streaming da editora DC. No Brasil, a Netflix vai exibir a série a partir do dia 11 de janeiro. A primeira temporada conta com 11 episódios.

titãs superboy

logotipo dos titãs superboy

titans krypto