Durante uma café da manhã com o Sindicado dos Produtores de Hollywood, o produtor Graham King, que trabalhou em Bohemian Rhapsody, explicou o motivo de Bryan Singer, diretor do longa, ter abandonado a produção.

“Foi uma situação infeliz”, começou King. “Faltando cerca de 16 a 17 dias para o fim, Bryan Singer teve alguns problemas e sua mãe ficou doente. Ele é o tipo de pessoa que precisa estar totalmente focado em algo. Ele queria interromper o filme. O estúdio queria finalizá-lo, claro. O meu trabalho foi proteger o filme a todo custo”.

Durante as filmagens, foi noticiado que Singer chegou a faltar em diversos dias de filmagem, o que causou problemas para o andamento do longa.


Bohemian Rhapsody | Ultrapassa marca dos US$ 750 milhões arrecadados mundialmente

Bohemian Rhapsody retrata a rápida ascensão de Freddie Mercury (Rami Malek) e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Bryan Singer. Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, que foi indicado ao Oscar pelos dramas biográficos A Teoria de Tudo e O Destino de uma Nação.

Bohemian Rhapsody está em exibição no Brasil.