Produtor executivo na DreamWorks, o lendário cineasta Steven Spielberg fez uma importante mudança em Como Treinar o Seu Dragão 3.

De acordo com o cineasta Dean DeBlois, em entrevista ao Yahoo!, a animação traria o retorno de Drago, o antagonista de Como Treinar o Seu Dragão 2. A subtrama focada em seu retorno ocuparia uma boa parte da narrativa, então Spielberg opinou que deveria simplesmente ser cortada.

“Havia uma subtrama que revelaria que Drago sobreviveu aos eventos de Como Treinar o Seu Dragão 2. Ele foi parar em uma praia com os destroços, acreditando estar num deserto. Ficou ocupado com um dragão bastante territorial durante este tempo”, comentou.


“Enquanto tentava sobreviver naquela ilha, percebeu que havia sido substituído em sua própria frota, então queria retornar para recuperar sua posição como o chefe do exército mundial que estava sendo montado. Então percebeu que tinha que fazer amizade com o dragão para sair da ilha.”

“Foi quando Steven Spielberg disse, ‘É uma ideia ambiciosa e nobre tentar dar dimensão para este personagem, mas simplesmente não há tempo para fazê-lo de maneira convincente. Você precisa contar outras histórias, e o peso emocional está na transformação de Soluço e Banguela. Estaria mais bem serviço se apoiando nessa ideia que no retorno de Drago.'”

Como Treinar o seu Dragão 3 | Animação lidera bilheterias brasileiras na estreia

“Enquanto Soluço realiza o seu sonho de uma utopia pacífica com dragões, Banguela descobre um colega elusivo e não domado que pode afastá-lo do seu amigo. Quando o perigo se aproxima e o reinado de Soluço como chefe do vilarejo é testado, o dragão e seu cavaleiro precisam tomar decisões impossível para salvar suas espécies”, diz a sinopse do filme.

Dan DeBlois, que escreveu e dirigiu os dois primeiros filmes, também assina o roteiro e a direção da nova sequência.

Como Treinar o Seu Dragão 3 está em exibição nos cinemas brasileiros.