Peter Farrelly pode ter jogado para o alto o Oscar 2019. O favorito ao prêmio admitiu em recente entrevista uma prática constrangedora durante antigas gravações.

Em 1998, no filme Quem Vai Ficar com Mary?, o diretor mostrou o seu pênis para Cameron Diaz durante as filmagens. A história ficou conhecida na época pela Newsweek, e agora voltou à tona por conta do portal The Cut.

Por conta disso, Farrely, que dirige o aclamado Green Book: O Guia, conta que tudo não passava de uma pegadinha. Além disso, o cineasta teria repetido o gesto com outros atores e atrizes.


“Eu era um idiota. Eu fiz isso há décadas e achava que estava sendo engraçado, mas a verdade é que estou constrangido e isso me envergonha atualmente. Eu sinto muitíssimo”, declarou o diretor.

A matéria ainda relembrou que Cameron Diaz tinha confirmado o fato no final da década de 90.

Green Book: O Guia | Roteirista do filme deleta conta no Twitter após postagem xenofóbica ressurgir

“Quando um diretor mostra o pênis dele na primeira vez que você encontra com ele, é preciso reconhecer o gênio criativo dele”, declarou a atriz na época.

Green Book: O Guia é dirigido por Peter Farrelly (Quem Vai Ficar com Mary?) e traz Viggo Mortensen (O Senhor dos Anéis) e Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar) como protagonistas.

Ali interpreta o pianista Don Shirley, enquanto que Mortensen vive Tony Vallelonga, que é contratado pelo pianista para protegê-lo em uma jornada até um concerto no Sul do país.

Green Book é baseada na amizade, da vida real, desenvolvida por dois homens após uma difícil jornada. O roteiro do filme foi escrito por Farrely, Brian Hayes Currie e Nick Vallelonga, filho de Tony.

Green Book: O Guia estreia em 24 de janeiro no Brasil.