O processo do produtor Neal Moritz contra a Universal por conta do derivado Hobbs & Shaw, de Velozes e Furiosos, ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira (11). O presidente do estúdio, James Horowitz, foi adicionado à acusação. A informação é do The Hollywood Reporter.

O produtor adicionou na queixa que o presidente da Universal o colocou dentro do projeto, com uma falsa promessa de que Moritz teria participação nos lucros do projeto. O tribunal da Califórnia aceitou a adição ao caso e enviou o caso para corte.

Inicialmente, o produtor Neal Moritz processou a Universal por quebra de contrato oral e fraude, por ter sido demitido do filme derivado estrelado por Dwayne Johnson e Jason Statham.


A intenção de Moritz era de ser readmitido como produtor da série, ou ser pago “dezenas de milhões de dólares” como compensação pelo estúdio.

No momento, a Universal responde que quer uma disputada arbitrada e não em corte estadual ou federal. Além disso, afirma que a nova ação de Moritz é justamente para que o caso seja resolvido nos tribunais norte-americanos, já que Horowitz é um cidadão do estado do Califórnia, o que dá base para um julgamento.

O representante do Tribunal Distrital dos EUA, Manuel Real, vê que a mudança na postura de Moritz tem base legal. Antes, o produtor não citou o nome do executivo para preservar as relações profissionais. Sem a perspectiva de um acordo para voltar ao filme, o produtor, então, decidiu revelar com quem negociou o trabalho em Hobbs & Shaw.

O caso foi enviado para uma Corte do Tribunal de Los Angeles. Ainda não há previsão para que o processo seja finalizado.

Hobbs & Shaw | Idris Elba aparece como vilão do filme em primeira foto do derivado

Enquanto isso, o derivado de Velozes e Furiosos segue em produção.

Detalhes do roteiro de Hobbs & Shaw não foram revelados. No entanto, como o nome já diz, a história envolverá Deckard Shaw, introduzido na franquia Velozes e Furiosos inicialmente como um vilão, e também o personagem Luke Hobbs, um agente do serviço de segurança que já atuou contra e a favor de Dominic Toretto (Vin Diesel).

O elenco do filme ainda contará com nomes como Vanessa Kirby e Idris Elba. As informações dão conta de que Elba será o vilão da trama, indicando que Hobbs e Shaw trabalharão juntos.

Hobbs & Shaw tem previsão de estreia para 26 de julho de 2019.

A franquia Velozes e Furiosos também já trabalha para o lançamento do nono capítulo da série original. Velozes e Furiosos 9 segue com data de lançamento para 10 de abril de 2020.