2019 mal começou e já temos o primeiro grande fracasso comercial do ano, com a Variety reportando que O Menino que Queria Ser Rei pode dar um prejuízo de US$ 50 milhões para a Fox.

A fantasia infantil de Joe Cornish teve um orçamento de US$ 60 milhões, e trouxe decepcionantes US$ 7 milhões em sua estreia nos EUA, indicando que o longa não deverá ir bem nas bilheterias.

O que pode ajudar a reduzir o prejuízo são acordos de home video e exibição na TV.


O Menino Que Queria Ser Rei | Batalha começa em nova imagem do épico sobrenatural

Escrito e dirigido por Joe Cornish (Ataque ao Prédio, o filme mistura as lendas arturianas com uma história de amadurecimento. A trama gira em torno de Alex (Louis Serkis), um jovem estudante cujos problemas do dia-a-dia são esquecidos quando ele encontra a lendária espada Excalibur.

A espada, no entanto, traz responsabilidades e logo Alex e seus amigos precisam acabar com os planos da maligna Morgana (Rebecca Ferguson) de destruir o mundo.

O elenco do filme ainda traz Dean Chaumoo, Rebecca Ferguson, Tom Taylor, Rhianna Doris, Angus Imrie e Patrick Stewart.

O Menino Que Queria Ser Rei estreia em 31 de janeiro.