O Retorno de Mary Poppins tenta ser extremamente fiel ao clássico com Julie Andrews, de 1964. No entanto, fãs notaram que a nova versão quebrou uma regra da história original.

CONTÉM SPOILERS

No filme de 1964, a babá mágica faz questão de dizer que a segunda terça-feira do mês é sagrada e por isso, ela não trabalha. A versão de Emily Blunt também deixa isso claro.


No entanto, uma das cenas entrega que a babá andou trabalhando nesse dia. Depois que John, Annabel e Georgie quebram o vaso precioso de sua mãe, Mary Poppins promete que levará o trio a sua prima, na manhã seguinte, para consertá-lo.

Quando chega na sua prima, Mary Poppins ouve que o vaso não será arrumado naquele dia, porque a segunda quarta do mês é sagrada para Topsy (Meryl Streep). Ou seja, o incidente com o item aconteceu na segunda terça, com a babá quebrando a sua regra de não trabalhar.

O Retorno de Mary Poppins | Elenco canta “Trip a Little Light Fantastic” em nova cena da continuação

Em O Retorno de Mary Poppins, Emily Blunt assume o papel da personagem que ficou eternizada por Julie Andrews no clássico de 1964. Mas, de acordo com a atriz, a sua versão será um tanto diferente da de Julie.

O elenco conta ainda com Lin-Manuel Miranda, Dick Van Dyke, Angela Lansbury e Meryl Streep. A direção é de Rob Marshall (Caminhos da Floresta) e o roteiro fica por conta de David Magee.

O Retorno de Mary Poppins está em exibição nos cinemas brasileiros.