Desde o início da temporada de premiações, já era esperado que nenhuma mulher seria indicada para a categoria de Melhor Direção da edição de 2019 do Oscar. A lista oficial de indicados, divulgada nesta terça-feira (22), confirmou a previsão.

Oscar 2019 | Lady Gaga iguala recorde ao ser indicada em duas categorias

Foram deixadas de fora grandes cineastas, responsáveis por filmes modernos, excitantes e muito elogiados pela crítica especializada e em festivais de cinema. Lynne Ramsay, diretora de Você Nunca Esteve Realmente Aqui inclusive foi premiada pelo roteiro do longa em Cannes.


No Festival de Sundance, Sem Rastros, de Debra Ganik, também ganhou o coração dos críticos.

Porém, a maior surpresa foi o fato de nem Marielle Heller (Poderia Me Perdoar?) e Chloe Zhao (Domando o Destino) terem sido indicadas. O filme de Zhao foi eleito o melhor do ano pela National Society of Film Critics, uma das organizações de cinema mais importantes dos Estados Unidos.

Também vale mencionar o trabalho de Tamara Jenkins (Mais Uma Chance), Karyn Kusama (O Peso do Passado), Mimi Leder (Suprema) e Josie Rourke (Duas Rainhas).

No ano passado, Greta Gerwig se tornou a quinta mulher da história indicada para a categoria de Melhor Direção, pelo comando de Lady Bird: A Hora de Voar.

Nesse ano, concorrem como Melhor Diretor Alfonso Cuarón (Roma), Spike Lee (Infiltrado na Klan), Yorgos Lanthimos (A Favorita), Adam McKay (Vice) e Pawel Pawlikowski (Guerra Fria).

A 91ª edição do Oscar acontece no dia 24 de fevereiro. Após a desistência de Kevin Hart, a cerimônia não contará com um apresentador fixo pela primeira vez em 30 anos.