Ao longo de três iterações, o Quarteto Fantástico ainda não foi capaz de acertar em cheio nos cinemas, e o projeto da primeira família da Marvel passou por muitas mãos.

Uma delas foi justamente o diretor Peyton Reed, que comandou os dois filmes do Homem-Formiga para a Marvel Studios, e que recentemente divulgou ao Collider detalhes sobre seu projeto cancelado do Quarteto Fantástico, que ele apresentou à Fox em 2003.

“Eu desenvolvi Quarteto Fantástico quando estava na Fox, e isso teria sido 2002 ou 2003. Eu estava fazendo um filme na Fox na época, e eles iam fazer Quarteto Fantástico, e eu fui e dei minha ideia para Tom Rothman. Eu desenvolvi por cerca de um ano, e nós pesquisamos algumas permutações diferentes, roteiristas; mas sim, uma das grandes ideias era uma ambientação nosa nos 60, que na época seria estruturalmente como ‘A Hard Day´s Night’, onde nem faríamos a história de origem”, revela Reed.


“Seria simplesmente você indo ao centro de Manhattan e eles estão lá. Era uma ideia empolgante. Na época, de novo, isso era 2002 ou 2003, uma era pré-MCU, parecia que a Fox não ia fazer. Quarteto Fantástico, para aqueles que não são leitores ávidos da Marvel, eles são parte da família real da Marvel, certo? A primeira família. E parecia que eles queriam fazer um filme B disso. Então nós nos separamos”, conclui o diretor.

Guardiões da Galáxia 3 | Kevin Feige comenta se filme acontecerá e fala sobre James Gunn na DC

O Quarteto Fantástico será integrado ao universo dos Vingadores futuramente, ainda sem data ou previsão de lançamento.