O polêmico cineasta Bryan Singer está anexado para dirigir uma adaptação de Red Sonja para a Millennium, o que definitivamente enfurece algumas pessoas, dado o histórico de acusações de abuso sexual contra o diretor.

Nesta quinta-feira (24), uma petição foi criada no Change.org, exigindo que Singer seja demitido de Red Sonja e que a produtora encontre outro cineasta, de preferência uma mulher, para dirigir o projeto.

Caso contrário, os nomes envolvidos garantem boicotar o filme durante sua estreia.


20 filmes esquecíveis da Marvel que quase ninguém mais lembra

A nova versão de Red Sonja está sendo financiada e produzida pela Millennium, que teria escolhido o diretor, apesar de sua má reputação após diversas acusações de pedofilia terem surgido contra o diretor.

O roteiro do filme está sendo escrito por Ashley Miller, que escreveu o roteiro de X-Men: Primeira Classe (produzido por Singer).

Durante o ano passado, Singer foi demitido da direção de Bohemian Rhapsody, cinebiografia do Queen, após não comparecer repetidas vezes ao set de filmagens (em meio à outras acusações, incluindo estupro).

Apesar disso, Singer está supervisionando a montagem de Bohemian Rhapsody e irá receber integralmente os créditos de diretor do filme.

Ainda não há previsão de estreia, ou detalhes sobre a trama de Red Sonja.