A Academia Britânica do BAFTA anunciou nesta quarta-feira (7) que está suspendendo a indicação de Bryan Singer por Bohemian Rhapsody, que concorre a 7 prêmios.

Singer estava indicado ao lado de Graham King e Anthony McCarten, na categoria de Melhor Filme Britânico, mas as recentes acusações de abuso sexual foram incentivo para sua suspensão.

“Em luz das recentes e muito sérias alegações, o BAFTA informou a Bryan Singer que sua indicação por Bohemian Rhapsody foi suspense, de efeito imediato. O BAFTA considera o comportamento alegado como inaceitável e incompatível com seus valores. Isso levou à suspensão da indicação do Sr. Singer. O BAFTA registra que o Sr. Singer negou as alegações. A suspensão de sua indicação permanecerá até que as alegações sejam resolvidas”, anunciaram representantes do BAFTA.


Atriz de The O.C. compartilha foto antiga com Rami Malek, de Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody retrata a rápida ascensão de Freddie Mercury (Rami Malek) e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Bryan Singer, que foi demitido ao longo da produção, sendo substituído por Dexter Fletcher (Rocketman). O filme concorre a 5 categorias do Oscar, incluindo Melhor Filme.