Custódia, história que aborda a violência contra as mulheres, foi o grande vencedor do prêmio César, tido como o “Oscar francês”.

O longa-metragem ganhou em quatro categorias, incluindo Melhor Filme, na cerimônia realizada na sexta-feira (23).

Framboesa de Ouro | Donald Trump se destaca no “Oscar reverso”; veja todos os vencedores


Protagonista de Custódia, Léa Drucker venceu como Melhor Atriz ao interpretar uma mãe que precisa reconstruir sua própria vida após se separar de um marido violento.

As outras duas categorias em que Custódia venceu foram Roteiro Original e Montagem.

Quem ficou com o César de Melhor Diretor foi Jacques Audiard, por seu trabalho em Os Irmãos Sisters, faroeste estrelado por Joaquin Phoenix, John C. Reilly e Jake Gyllenhaal. Já Alex Lutz ganhou como Melhor Ator por Guy.