O Festival de Berlim 2019 anunciou os seus grandes vencedores. O principal prêmio da festividade, o Urso de Ouro, ficou com filme israelense Synonymes. O outro destaque entre as exibições foi o francês Grâce à Dieu, que ganhou o Urso de Prata.

Os filmes que dominaram o Festival de Berlim possuem tramas inspiradas em casos políticos. O israelense, do diretor Nadav Lapid, fala sobre a crise da imigração e faz crítica a polícia militar do país. Enquanto isso, o longa francês do cineasta François Ozon trata sobre a pedofilia na Igreja Católica.

Marighella | Filme de Wagner Moura estreia sob aplausos no Festival de Berlim


Em termos de atuação, o filme chinês So Long, My Son ficou com as duas importantes categorias. Yong Mei foi reconhecida como melhor atriz e Wang Jinchun como melhor ator.

A melhor diretora foi Angela Schanelec, por I Was at Home, But. Enquanto isso, o melhor roteiro foi para Roberto Saviano, pelo filme italiano La Parenza dei Bambini.