O GLAAD Awards, premiação da organização LGBT homônima, suspendeu na última sexta-feira (15) a indicação de Bohemian Rhapsody ao prêmio de Melhor Filme, devido às acusações de abuso sexual envolvendo o produtor Bryan Singer.

Bohemian Rhapsody | BAFTA suspende indicação de Bryan Singer como produtor

“Devido às acusações de atos indesculpáveis cometidos sobre jovens e adolescentes, não podemos ignorar a realidade e recompensar tacitamente o responsável por tudo isso”, afirmou a organização em nota oficial.


Singer está sendo acusado por inúmeros homens de abuso e assédio sexual. Os atos teriam acontecido quando as vítimas ainda eram adolescentes, de acordo com uma reportagem do jornal The Atlantic.

Bohemian Rhapsody concorria com filmes como Deadpool 2, Podres de Ricos e Com Amor, Simon.

O GLAAD AWARDS premia representações justas, críveis e inclusivas da comunidade LGBT e suas particularidades, em cinema, TV, HQs, videogames, revistas e muito mais.

GLAAD Awards | Deadpool 2 e A Favorita são indicados à premiação LGBT; veja lista

A premiação da GLAAD vai acontecer no dia 28 de março, em Los Angeles, e em 4 de maio em Nova York.