A vitória de Green Book: o Guia como Melhor Filme no Oscar 2019 permanece extremamente controversa! Tanto que um internauta decidiu, nesta terça-feira, dia 26, criar uma música debochando da vitória do longa.

Green Book: o Guia | Entenda por que a vitória do filme foi tão controversa

O internauta chamado Demi Adejuyigbe postou em seu canal do Youtube os créditos finais do filme, substituindo a música final por uma no estilo do cantor Morrissey, conhecido por suas falas racistas e xenófobas.


A canção, que está sendo retratada pela perspectiva de Tony Vallelonga (Viggo Mortensen), afirma: “Eu vivi minha vida normal por 30 anos e odiei os negros até hoje. […] Tudo mudou quando eu fui contratado para ser motorista de um negro e protegê-lo pelo Sul dos EUA.”

A música continua nesse tema debochado, oferecendo a seguinte perspectiva da mudança de Tony: “Eu simplesmente tinha que conhecer alguém mais racista do que eu”.

Green Book: O Guia é dirigido por Peter Farrelly (Quem Vai Ficar com Mary?) e traz Viggo Mortensen (O Senhor dos Anéis) e Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar) como protagonistas.

Ali interpreta o pianista Don Shirley, enquanto que Mortensen vive Tony Vallelonga, que é contratado pelo pianista para protegê-lo em uma jornada até um concerto no Sul do país.

Green Book é baseada na amizade, da vida real, desenvolvida por dois homens após uma difícil jornada. O roteiro do filme foi escrito por Farrely, Brian Hayes Currie e Nick Vallelonga, filho de Tony.

Green Book: O Guia estreia em 24 de janeiro no Brasil.

Confira o vídeo, abaixo!