A entrevista de Gwyneth Paltrow para a revista Variety continua a dar o que falar! A atriz abordou diretamente as acusações contra Harvey Weinstein, da Miramax, e seu grande papel em Shakespeare Apaixonado, que lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz em 1999.

Gwyneth Paltrow originalmente recusou o filme Shakespeare Apaixonado: “Eu nem li”

Durante a entrevista, divulgada nesta terça-feira, dia 19, Gwyneth também fez outra revelação bombástica: de que Harvey queria mudar o protagonista de Shakespeare Apaixonado de última hora, substituindo Joseph Fiennes por Ben Affleck, que já estava escalado como Ned Ayllen.


A atriz afirma: “No último minuto, Harvey queria que Ben interpretasse Shakespeare no filme e eu disse: ‘Não, você não pode fazer isso. Ele tem que ser interpretado por um britânico.”

Mas o produtor, acusado por agressões e abusos sexuais, resolveu desmentir não as acusações de Gwyneth e sim a informação sobre o filme Shakespeare Apaixonado. Ele nega ter sequer pensado em Affleck para o papel de Shakespeare: “Gwyneth Paltrow é uma ótima pessoa e uma atriz excelente, quando escalada para o projeto certo. Os outros únicos concorrentes para o papel eram Ethan Hawke e Russell Crowe.”

Ben Affleck fez uma atuação incrível no papel de Ned Ayllen, o personagem pelo qual ele foi considerado,” o pronunciamento finaliza.

O diretor do filme, John Madden, confirma a versão dos eventos de Gwyneth Paltrow, no entanto.