A animação Homem-Aranha no Aranhaverso quase contou com a participação especial do astro Tom Cruise e do cineasta James Cameron.

Homem-Aranha no Aranhaverso | Diretor agradece Brian Michael Bendis por co-criar Miles Morales

A novidade foi anunciada pelo roteirista Rodney Rothman, em entrevista ao painel do site Film/, nesta terça-feira, dia 26, e tem a ver com os antigos projetos dos dois artistas. Isso porque, nos anos 80, Cruise quase interpretou Peter Parker no cinema.


Já James Cameron tinha desenvolvido, nos anos 90, um filme inspirado no Universo do Homem-Aranha que nunca saiu do papel. Assim, o objetivo de Rothman era unir esses dois acontecimentos e colocá-los como referência no filme.

Ele explica: “Então teve um período de tempo na produção do filme que ao invés de Miles aprender a ser o Homem-Aranha com as HQs, ele aprenderia assistindo filmes. Tinha um filme dentro do filme no Universo de Miles sobre a vida verdadeira do herói, com Tom interpretando Peter e James Cameron dirigindo. Nós teríamos Tom e Cameron no áudio.”

A ideia foi descartada quando percebeu-se o quão complexo seria esse processo.

Em Homem-Aranha no Aranhaverso, o jovem Miles Morales se vê com problemas na escola e passa por uma nova fase com a puberdade, ao mesmo tempo em que aprende a utilizar os seus novos poderes de Homem-Aranha.

Para lidar com tudo isso, o garoto ganha novos amigos, que são simplesmente os heróis de outros universos, como Peter Parker (Jake Johnson), o Porco-Aranha (John Mullaney), O Homem-Aranha Noir (Nicolas Cage), a Spider-Gwen (Hailee Steinfeld) e a Peni Parker (Kimiko Glenn).

O roteiro de Homem-Aranha no Aranhaverso foi escrito por Phil Lord e Chris Miller, dupla responsável pela comédia Anjos da Lei e a animação Uma Aventura LEGO.

Homem-Aranha no Aranhaverso venceu o Oscar de Melhor Animação.