Após uma série de novas acusações de abuso sexual recaírem sobre o polêmico cineasta Bryan Singer, Red Sonja, projeto da Millennium Films, está fora dos planos imediatos do estúdio. A informação é do Deadline.

Conforme a publicação, o mini-estúdio norte-americano afirmou que o filme “não está no mercado no momento e também não está à venda no Mercado Europeu de Filme Berlim”. Durante o evento, estúdios buscam investidores e distribuidores para os seus projetos.

O site também afirma que Bryan Singer deve ser retirado no filme após ser acusado por manter relações sexuais com menores de idade. A produção de Red Sonja começaria este ano na Bulgária, mas isso não deve mais acontecer. O filme ainda não conta nem com um elenco.


Red Sonja | Bryan Singer continua na direção: “Inocente até que se prove o contrário”

A nova versão de Red Sonja deve ser financiada e produzida pela Millennium, que agora precisa definir se realmente seguirá em frente com o projeto.

O roteiro do filme estava sendo escrito por Ashley Miller, que escreveu o script de X-Men: Primeira Classe.

Com as novas informações, Red Sonja está com situação indefinida.