Christian Bale está em destaque com a sua performance como Dick Cheney em Vice. Na segunda (11), o ator esteve em Berlim para divulgação do filme e falou se interpretaria Donald Trump.

O ator contou que achou a história de Dick Cheney, vice de George W. Bush, mais impressionante. Além disso, destacou o papel do vice no governo dos EUA em que participou.

“Dick Cheney teve um papel extraordinariamente central durante estas últimas décadas nos Estados Unidos e em situações políticas mundiais. Apesar de que poder ter conduzido a esta era, ele é completamente diferente de Trump no sentido de que Cheney sempre foi muito ruim de campanha política e não gostava nada disso. Já Trump parece ser a única coisa que ele gosta”, afirmou Christian Bale.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Além disso, o famoso lembrou que Dick Cheney gostava de “atuar nas sombras” e “entender o poder do silêncio”. Enquanto isso, Donald Trump parece ser o contrário.

“Acho que teria muitas pessoas melhores interpretando Trump. Provavelmente você viu algumas imitações bem boas dele”, destacou o ator, indicando que não sente interesse em ter uma performance como o atual presidente norte-americano.

Crítica | Vice

O elenco de Vice conta com Christian Bale no papel do protagonista Dick Cheney, Amy Adams como sua esposa Lynne Cheney; Steve Carell, que encarna o ex-secretário de defesa, Donald Rumsfield; Sam Rockwell na pele de George W. Bush, controverso ex-presidente dos EUA; e o grupo de atores formado por Jesse Plemons, Alison Pill, Lily Rabe, Tyler Perry, Justin Kirk, LisaGay Hamilton, Shea Whigham e Eddie Marsan.

Adam McKay é o diretor e roteirista de Vice, seu primeiro filme após ser premiado com o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em A Grande Aposta, que também foi indicado a Melhor Filme.

Ex-presidente de uma empresa petrolífera, Cheney foi o escolhido por Bush para ser seu companheiro de campanha entre 2000 e 2008, e sua enorme influência sobre o presidente lhe garantiu o título de vice mais poderoso da história do país.

Vice está em exibição nos cinemas brasileiros.