Em entrevista com a EW, o diretor Guy Ritchie comentou sobre como as músicas da animação original serão usadas no live-action de Aladdin.

Segundo o cineasta, as canções não serão conteúdo exclusivo dos trailer, e são “parte do DNA” do longa-metragem.

“Claramente, as pessoas são muito apegadas às músicas originais e claramente isso faz parte do DNA, por isso não queremos nos desviar das coisas originais, apenas adicionar algumas novas faixas”, disse Ritchie.


Will Smith revelou que pôde “se soltar” durante o amado número “Friend Like Me”, que ele já havia gravado antes mesmo de aceitar o papel de Gênio.

“Isso se encaixou tão perfeitamente que todos nós realmente nos inspiramos sobre a ideia de eu ser o Gênio depois de ouvir duas horas de trabalho no estúdio sem preparação”, comentou o ator. “Comecei a me sentir confiante de que poderia entregar algo que fosse uma homenagem a Robin Williams, mas fosse musicalmente diferente, e apenas o sabor do personagem seria diferente e único o suficiente.”

Aladdin | Alan Tudyk dublará Iago no filme

Sob direção de Guy Ritchie (Sherlock Holmes), o filme recontará a história do pobre garoto Aladdin (Mena Massoud) que tem apenas como sua família o macaquinho Abu. Depois de conhecer e se apaixonar pela princesa Jasmine (Naomi Scott), Aladdin encontra um lâmpada mágica, lar de Gênio (Will Smith), que o ajuda a conquistar o coração da amada.

Alan Menken assina a trilha sonora de Aladdin – ela já é velho de casa na Disney, tendo trabalhado em animações como Pocahontas, A Pequena Sereia, A Bela e a Fera, e também no clássico Aladdin. Já Benj Pasek e Justin Paul contam em seu currículo com La La Land: Cantando Estações.

Aladdin estreia nos cinemas brasileiros em 23 de maio.