O novo filme de Tim Burton, o live-action de Dumbo, contou com a preparação extrema dos atores, inclusive o desafio de atuar com CGI.

Dumbo brilha no circo em novo pôster

Danny DeVito, que interpreta Medici no longa-metragem, teve tanta dificuldade em atuar dessa maneira, aliás, que soltou vários palavrões no set de filmagens.


Em entrevista ao programa The View, nesta segunda-feira, dia 18, ele conta que se sentiu muito bobo em atuar com um pedaço de espuma verde: “Foi muito difícil fingir que era um elefante. Parecia um gafanhoto e isso não é bem um elefante, certo?”.

A quantidade de palavrões foi tanta que os astros-mirins do filme, Nico Parker e Finley Hobbins, criaram um jarro de palavrões, cujo o dinheiro foi todo doado para a caridade.

Além de DeVito, Colin Farrell e Michael Keaton também contribuíram, monetariamente, ao jarro.

No filme original de 1941, acompanhávamos o elefante orelhudo Dumbo, que sofria preconceito por conta de sua aparência até descobrir que suas enormes orelhas o permitiam voar.

Tim Burton (Edward Mãos de Tesoura) cuida da direção e Ehren Kruger (Transformers: O Lado Oculto da Lua) escreve a nova versão, que reuniu um elenco de peso: Eva Green, Colin Farrell, Michael Keaton, Danny DeVito e Eva Green.

Dumbo estreia nos cinemas brasileiros em 28 de março.