SPOILERS

Operação Fronteira é o mais recente filme original da Netflix, tendo estreado no serviço de streaming na última quarta-feira (13).

O final do filme de J.C. Chandor é um dos fatores mais fortes do longa, onde o plano da equipe liderada por Oscar Isaac dá terrivelmente errado. Ainda que tenham conseguido roubar os US$ 200 milhões, o dinheiro vai se perdendo pelo caminho – que inclui a queda de um helicóptero, a interferência de civis e o percurso difícil com mulas pelas montanhas.


Nessa jornada, Redfly (Ben Affleck) acaba morrendo em conflitos com os traficantes e perseguidores, deixando apenas Pope (Isaac), Ironhead (Pedro Pascal) e os irmãos vividos por Charlie Hunnam e Gareth Hedlund, que levam apenas US$ 5 milhões de volta para suas casas.

Em respeito à memória de Redfly, eles doam todo o dinheiro para um fundo criado para sua família, que inclui uma filha pequena. Claro, no final do filme, Ironhead entrega um papel a Pope com as coordenadas onde o restante do dinheiro ficou escondido, e os créditos começam.

Será que veremos uma continuação para Operação Fronteira?

Operação Fronteira | Oscar Isaac comenta sobre possibilidade de sequência

Operação Fronteira conta a história de um grupo de ex-militares que querem assaltar o cartel mais perigoso do mundo para benefício próprio. O objetivo é levar para casa a quantia de US$ 75 milhões.

Além de Ben Affleck e Oscar Isaac, o elenco ainda conta com Charlie Hunnam, Garrett Hedlund e Pedro Pascal. A direção é de J.C. Chandor (O Ano Mais Violento).

Operação Fronteira está disponível na Netflix.