Ainda que Vice tenha sido um dos filmes com maior número de indicações ao Oscar 2019, a sátira política de Adam McKay foi uma grande bomba para a Annapurna Pictures, distribuidora do filme.

O longa teve um prejuízo comercial de US$ 15 a 20 milhões. O estúdio também sofreu perdas com Se a Rua Beale Falasse (US$ 8 milhões) e O Peso do Passado (US$ 7 milhões).

Crítica | Vice


O elenco de Vice conta com Christian Bale no papel do protagonista Dick Cheney, Amy Adams como sua esposa Lynne Cheney; Steve Carell, que encarna o ex-secretário de defesa, Donald Rumsfield; Sam Rockwell na pele de George W. Bush, controverso ex-presidente dos EUA; e o grupo de atores formado por Jesse Plemons, Alison Pill, Lily Rabe, Tyler Perry, Justin Kirk, LisaGay Hamilton, Shea Whigham e Eddie Marsan.

Adam McKay é o diretor e roteirista de Vice, seu primeiro filme após ser premiado com o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em A Grande Aposta, que também foi indicado a Melhor Filme.

Ex-presidente de uma empresa petrolífera, Cheney foi o escolhido por Bush para ser seu companheiro de campanha entre 2000 e 2008, e sua enorme influência sobre o presidente lhe garantiu o título de vice mais poderoso da história do país.

Vice está em exibição nos cinemas brasileiros.