Tido como um grande fracasso de bilheteria, o reboot de Hellboy pelo menos se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter após ter seu título censurado.

Um usuário da rede social relatou ao compartilhar uma imagem que um cinema no sul dos Estados Unidos se recusou a colocar o título “Hellboy” em seu letreiro, preferindo chamar o longa de “Heckboy”.

Segundo o internauta, o título de Hellboy foi censurado porque a cidade na qual o cinema está localizado faz parte do “Cinturão Bíblico”, sendo muito religiosa e conservadora.


Confira uma imagem do letreiro com o título trocado mais abaixo.

Dirigido por Neil Marshall (Game of Thrones), o reboot trará novamente a história de Hellboy (David Harbour), o filho de demônios que escapa do inferno para se tornar um herói após ser criado pelo benevolente Professor Bruttenholm (Ian McShane).

O elenco ainda conta com Milla Jovovich, que será Ganeida, uma poderosa feiticeira, Daniel Dae Kim como o Major Ben Daimio e Sasha Lane como Alice Monaghan, o novo interesse amoroso do anti-herói.

A estreia de Hellboy no Brasil está marcada para 16 de maio.