David Bowie quase ganhou uma cinebiografia dirigida por Danny Boyle, conforme revelou o próprio cineasta à revista Empire.

O roteiro chegou a ser escrito por Frank Cottrell-Boyce e focaria no relacionamento de Bowie com Iggy Pop, mas Bowie recusou o projeto quando Boyle apresentou a ele.

“Eu falei com Bowie sobre o filme nos jogos olímpicos. Ele não queria ter qualquer relação com o filme na época e não entendi direito o porquê”, disse Boyle.


“Não estava claro para ninguém que ele estava doente”, continuou Boyle. “Tudo o que ele dizia era, ‘não quero fazer nada sobre o passado. Estou trabalhando em coisas para o futuro'”.

Atualmente, uma cinebiografia sobre o lendário artista está em produção. O filme traz o título Stardust.

O estúdio escolheu como protagonista Johnny Flynn, músico e ator, com participação em produções como Genius, Acima das Nuvens e Cruzada: Uma Jornada Através do Tempo. Jena Malone (Jogos Vorazes) e Marc Maron (GLOW) também fazem parte do elenco.

O filme é baseado em 1971, quando David Bowie fez a sua primeira viagem para América. O passeio inspirou a criação de Ziggy Stardust.

A direção ficará por conta de Gabriel Range, com roteiro de Christopher Bell.

Músico lendário, David Bowie morreu em janeiro de 2016 aos 69 anos após uma batalha secreta contra o câncer. Além da carreira musical, Bowie também se aventurou no cinema, estrelando produções como Labirinto, O Grande Truque e O Homem Que Caiu na Terra.

Stardust não tem previsão de lançamento.