Star Wars: A Ascensão Skywalker trará a conclusão da saga que começou há 40 anos. Na trama, é esperado o confronto final entre Rey e Kylo Ren, que estão em lados opostos da Força.

No entanto, como foi visto em Star Wars: Os Últimos Jedi, Kylo Ren, ou Ben Solo, pode buscar redenção. Essa reviravolta pode passar pela conexão que o vilão tem com Rey.

Em entrevista para Vanity Fair, Adam Driver, o intérprete do vilão, comentou sobre o assunto. O ator indicou que os dois personagens podem realmente ter um romance.


“Então, ele vem forjando essa possível ligação com Rey e isso deixa a pergunta no ar: ele vai perseguir essa relação ou quando a porta da nave dela abrir, ele vai acabar com a parceria que os dois estavam quase formando?”, declarou o ator.

Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Carrie Fisher (através de imagens de arquivo), Mark Hamill, Billy Dee Williams e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

J.J. Abrams (Star Wars: O Despertar da Força) retorna para a cadeira de direção. Ele também assina o roteiro, ao lado de Chris Terrio (Liga da Justiça).

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.