Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile, novo filme estrelado por Zac Efron, conta a história de Ted Bundy e será estrelado, também, por Lily Collins.

Agora, em entrevista ao Guardian, a atriz disse acreditar que as vítimas assassinadas por Bundy entraram em contato com ela durante as filmagens. Ela disse que, durante a preparação para o papel, ela acordava todas as noites às 3:05h.

“Eu descia as escadas e bebia um xícara de chá, tentando entender por que acordei de novo”, disse a atriz.


“Eu comecei a acordar com imagens rápidas, de brigas”, continuou a atriz.

“Eu descobri que 3 da manhã é a hora na qual o véu entre as realidades está mais fino e podemos ser visitados. Não fiquei assustada – me senti apoiada. Como se as pessoas estivessem dizendo: ‘estamos aqui escutando. Estamos aqui para ajudar. Obrigada por contar a história”, continuou Collins.

Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile conta a história do assassino sobre a perspectiva de sua namorada, vivida por Kaya Scoledario.

O elenco do filme é composto também por Lily Collins, Haley Joel Osment, John Malkovich e Jim Parsons.

Escrito por Michael Werwie e dirigido por Brandon Trost, Extremely Wicked, Shockingly Evil, and Vile ainda não tem data de lançamento oficial.

Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile estreia em 21 de novembro de 2019.