Cuidado! SPOILERS de Vingadores: Ultimato!

O portal ComicBook publicou uma teoria interessante sobre uma possível paternidade do Capitão América. Mais, sobre quem podem ser esses filhos do herói.

Como se sabe, ao final de Vingadores: Ultimato, o Capitão América decide retornar ao passado e ter a vida que sempre sonhou com Peggy Carter. Esse ato levantou inúmeras dúvidas.


Entre elas, se o Capitão América criou uma nova linha do tempo ou se essa sempre foi a trama vista nas telonas. Em Capitão América: O Soldado Invernal, uma idosa Peggy Carter aparece de aliança na mão, diz que tem dois filhos e que o seu marido é um homem salvo por Steve Rogers. Mas, não entrega a identidade dele.

Em entrevistas após o filme, os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely confirmaram que toda história sempre se passou no mesmo universo. Ou seja, a idosa Peggy já sabia de tudo que tinha acontecido quando faleceu e tinha se casado com o Capitão América.

A partir desses fatos, o portal criou a teoria de que quando o Capitão América retorna para o passado, ele passa a usar outro nome para viver por lá. O sobrenome escolhido seria Braddock e claro, o herói continuaria a trabalhar para SHIELD.

Em cena de Vingadores: Ultimato, quando o Capitão América revê Peggy Carter na década de 70, ela está preocupada. Pode-se ouvir a agente pedindo onde está Braddock.

Seguindo essa linha, a teoria acredita ainda que os dois filhos do Capitão América podem ser simplesmente o Capitão Britânia e Psylocke. Ambos tem o sobrenome Braddock. Além disso, seria uma maneira e tanto de introduzir a dupla no MCU.

No momento, Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.