Matthew Vaughn, diretor de X-Men: Primeira Classe e de Kingsman tinha uma ideia bem diferente para os novos filmes dos X-Men.

O diretor revelou que planejava fazer uma trilogia, iniciada com Primeira Classe, que terminaria em Dias de um Futuro Esquecido.

“Quando terminei o roteiro de Dias de um Futuro Esquecido, olhei para ele e disse ‘acho que seria divertido escalar Tom Hardy ou alguma outra pessoa como o jovem Wolverine então juntar tudo no fim'”, disse Vaughn ao ComingSoon.


“A Fox leu o roteiro de Dias de um Futuro Esquecido e disse, ‘oh, isso é bom demais! Vamos fazer isso agora!’. E eu disse, ‘bem, o que vocês vão fazer depois? Confiem em mim, não tem para onde ir’. Então eles fizeram Apocalipse e é como… se você virar aquilo de cabeça para baixo ficaria melhor. Hollywood não entende ritmo. Os executivos estão dirigindo a mais de 100 km por hora, olhando para o retrovisor, sem entender por que bateram o carro”, continuou o diretor.

No fim, Vaughn acabou saindo da franquia e dirigiu apenas X-Men: Primeira Classe, junto de X-Men 2 o melhor filme da franquia.