Star Wars: Os Últimos Jedi não divide apenas os fãs da saga. Um ator revelou uma mágoa com a produção do filme.

Tim Rose, que viveu o Almirante Ackbar, contou no canal de Jamie Stangroom que recebeu uma despedida indiferente. O personagem estava na franquia desde a trilogia clássica, da década de 80.

O Almirante Ackbar é conhecido pela frase, “É uma armadilha”. Depois de ser cortado em Star Wars: O Despertar da Força, o personagem foi morto em Star Wars: Os Últimos Jedi.


“Nós terminamos e eles pediram para eu descer. Eu pensei, ‘Bem, talvez eles vão me dizer obrigado por ser um dos personagens clássicos e eu estar há 30 anos na franquia’. Mas, o que eles fizeram foi me dar uma Millennium Falcon assinada com o dia da filmagem e o número da cena, me dizendo, ‘Pode olhar para câmera e dizer que esse é o fim da filmagem?’. Porque seria divertido. Na verdade, eu estava emocionado no traje porque depois de tudo, esperando que tivesse algo, depois sabendo que não tinha nada, o momento final de Ackbar antes de sair era uma grande piada com, ‘É o final das gravações’. Eles apenas pensaram, ‘Não seria engraçado?’, e na verdade era o fim da minha vida como Ackbar”, relatou o ator.

No momento, a saga está na produção do nono capítulo.

Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Mark Hamill, Billy Dee Williams e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.