Falando com Ashley Crossan, da ET, Dave Bautista esclareceu seus comentários sobre querer deixar Guardiões da Galáxia, admitindo que só não retornaria se James Gunn não estivesse envolvido.

Até mesmo surgiram rumores de que Bautista trocaria Marvel pela DC podendo entrar para o elenco do novo Esquadrão Suicida, que também é realizado por Gunn.

“Não queria pular do barco e fazer Esquadrão Suicida. Só não me importaria se me demitissem. Eu estava tentando ser honesto e defender um amigo que foi injustiçado.”


O ator de Guardiões da Galáxia adicionou: “Não estava ameaçando entrar para o Esquadrão Suicida, só queria deixar claro que, se as coisas fossem daquele jeito, não queria fazer parte daquilo.”

Após ser demitido pela Disney, James Gunn acabou sendo recontratado e será o diretor de Guardiões da Galáxia 3, sem previsão de lançamento.