Em uma aparição recente no programa de Howard Stern, o apresentador mencionou o fato de que Russell Crowe recusou participar de O Senhor dos Anéis, o que o renderia um salário incrível de cerca de US$ 100 milhões.

No entanto, Crowe não parece estar muito incomodado por ter recusado o papel de Aragorn, que ficou com Viggo Mortenson.

“Não achava que Peter Jackson realmente me queria no filme. Acho que ele foi forçado a falar comigo porque houve um momento no tempo em que todos me queriam em tudo e ele é um companheiro neozelandês. Posso até lembrar de sua voz numa ligação que me fez.”


“Estava falando com ele no telefone e não achava que ele conhecia minha carreira. Meu instinto era que ele tinha outra pessoa em mente para O Senhor dos Anéis, que era Viggo e ele deveria poder contratar o ator que queria.”

A trilogia de O Senhor dos Anéis se tornou uma das mais aclamadas dos últimos anos, e em breve a saga ganhará uma série derivada pela Amazon.