Tony Stark e Peter Parker mostraram uma relação próxima nos mais recentes filmes da Marvel. O tema voltará com tudo em Homem-Aranha: Longe de Casa, após os acontecimentos de Vingadores: Ultimato.

Mas, e se o Homem-Aranha fosse uma criação do Homem de Ferro? É isso que argumenta uma nova teoria, publicada pelo ComicBook.

A teoria nasce da notícia de que “um segredo” de Tony Stark será revelado no mais novo filme do Homem-Aranha. Para alguns internautas, será o segredo de que o bilionário da tecnologia deu os poderes ao jovem Peter Parker, mesmo que de forma acidental.


Para a teoria, Tony Stark se envolveu em experimentos genéticos e biológicos. O objetivo era deter eventos como a Batalha de Nova York, vista em Os Vingadores.

Assim, a picada teria acontecido em uma visita de Peter Parker à Torre Stark ou ainda a aranha escapou e foi, sem querer, de encontro ao jovem. A sugestão vai ainda mais longe.

Nesse contexto, o experimento seria uma parceria de Tony Stark com Norman Osborn. Assim, seria mais fácil introduzir o homem que se transforma no Duende Verde.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Michael Keaton, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estarão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participará como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisando o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal será o vilão Mysterio, que dessa vez será um aliado do Homem-Aranha.

Dirigido novamente por Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros em 4 julho.